Veni Vidi Vici

"De mim, que tanto falam
Quero que reste o que calei
Que tanto rezam por mim
Quero que fique o que pequei
De mim, que tanto sabem
Quero que saibam que não sei"

Por enquanto…

É sempre mais claro, antes de escurecer.

É sempre mais escuro, antes de clarear.

Assim, espero.


Eu quero te entender. Eu quero te levar pra conhecer os vales do Senhor, aonde brota o leite e o mel do amor. Eu quero a tua mão, fazer morada no teu coração. Eu quero estar, e ser, contigo em Deus.
Eu quero te abraçar, assim como eu abraço a minha fé. Eu quero construir a estrada do futuro desde já. Eu quero nos unir na benção que o amigo vai nos dar. Eu quero estar, e ser, contigo em Deus.
Ah! Deus queira que assim eu possa amar! Te dar o meu coração; essa é minha vocação. Contigo o amor não se acaba.
Ah! Deus queira que assim eu possa amar! Dar antes de receber, ter paciência e entender. Contigo o amor não se acaba.

Eu quero te entender. Eu quero te levar pra conhecer os vales do Senhor, aonde brota o leite e o mel do amor. Eu quero a tua mão, fazer morada no teu coração. Eu quero estar, e ser, contigo em Deus.

Eu quero te abraçar, assim como eu abraço a minha fé. Eu quero construir a estrada do futuro desde já. Eu quero nos unir na benção que o amigo vai nos dar. Eu quero estar, e ser, contigo em Deus.

Ah! Deus queira que assim eu possa amar! Te dar o meu coração; essa é minha vocação. Contigo o amor não se acaba.

Ah! Deus queira que assim eu possa amar! Dar antes de receber, ter paciência e entender. Contigo o amor não se acaba.


Diante de tua presença, me encontro, Senhor, Deus infinito. O teu olhar me acompanha e sabes quem sou. Ao enchergar tua grandeza e minha pequenes, eu reconheço que minha história é nada sem o teu amor. Por isso, venho te buscar porquê preciso, meu Deus, em teus braços estar. Morar em teu coração e entregar-me a Ti, inteiramente. Me abandonarei em ti, Senhor. Em Ti repousarei. A Tua ternura me acolhe; um refúgio seguro encontrei. O meu coração, venho a Ti render. Toma meu ser, meu querer. Recebe, Senhor, minha vida como prova viva de amor.

Diante de tua presença, me encontro, Senhor, Deus infinito. O teu olhar me acompanha e sabes quem sou. Ao enchergar tua grandeza e minha pequenes, eu reconheço que minha história é nada sem o teu amor. Por isso, venho te buscar porquê preciso, meu Deus, em teus braços estar. Morar em teu coração e entregar-me a Ti, inteiramente. Me abandonarei em ti, Senhor. Em Ti repousarei. A Tua ternura me acolhe; um refúgio seguro encontrei. O meu coração, venho a Ti render. Toma meu ser, meu querer. Recebe, Senhor, minha vida como prova viva de amor.


O meu ser entrego a ti, pois eu sei que posso confiar. És meu Deus e És meu bem. A quem mais poderia amar?

O meu ser entrego a ti, pois eu sei que posso confiar. És meu Deus e És meu bem. A quem mais poderia amar?


"Confio em ti senhor, com todo o meu ser E em teu nome, ponho a minha esperança”

"Confio em ti senhor, com todo o meu ser
E em teu nome, ponho a minha esperança”


"Pensei saber demais. Pensei ter as respostas, mas, tudo o que eu fiz por mim, só trouxe solidão. Então, me revoltei. Tentei brigar contigo, mas quando, emfim, eu desisti, me deste tua mão. Tu és o meu Senhor. Vais me guiar. Eu só vivo com o teu amor. Tu és o meu Senhor.


ADONAI.

"Pensei saber demais. Pensei ter as respostas, mas, tudo o que eu fiz por mim, só trouxe solidão. Então, me revoltei. Tentei brigar contigo, mas quando, emfim, eu desisti, me deste tua mão. Tu és o meu Senhor. Vais me guiar. Eu só vivo com o teu amor. Tu és o meu Senhor.

ADONAI.


"Tão leve é o meu fardo. Suave a minha mão, com ela eu te amparo. Te dou o meu perdão. Podes vir, não tenhas medo. Serei teu aconchego. Sempre estarei contigo. Não te abandonarei."

"Tão leve é o meu fardo. Suave a minha mão, com ela eu te amparo. Te dou o meu perdão. Podes vir, não tenhas medo. Serei teu aconchego. Sempre estarei contigo. Não te abandonarei."

Kyrios Dei.

Kyrios Dei.


"Eu sei, Senhor Tu és Santo A minha razão de viver O meu tudo, meu maior refúgio A minha paz em Te adorar O meu louvor aos pés do altar Minha segurança de tão infinito amor”

"Eu sei, Senhor
Tu és Santo
A minha razão de viver
O meu tudo, meu maior refúgio
A minha paz em Te adorar
O meu louvor aos pés do altar
Minha segurança de tão infinito amor”